Aula de direito

São Paulo, 20 de setembro de 2010.

Excelentíssima Senhora Vice-Procuradora Geral Eleitoral

Acuso o recebimento do ofício de número 335/10-SC, expedido nos autos do procedimento PA/PGR 1.00.000.010796/2010-33 e, tempestiva e respeitosamente, passo a expor o que se segue.

Para melhor atender ao ofício requisitório de relação nominal de contratos de publicidade celebrados entre o Governo Federal e a Editora Confiança Ltda. – revista CartaCapital –, tomamos a iniciativa e a cautela de consultar, por meio de repórter da nossa sucursal de Brasília, os autos do procedimento geradores da determinação de Vossa Excelência. Verificamos tratar-se de denúncia anônima, baseada em meras e afrontosas ilações, ou seja, conjecturas sem apoio em elementos a conferir lastro de suficiência.

Permito-me observar que a transparência é princípio insubstituível a nortear esta publicação, iniciada em 1994 e sob minha responsabilidade. Nunca nos recusamos, portanto, dentro da legalidade, a apresentar nossos contratos e aceitar auditorias e perícias voltadas a revelar a ética que nos orienta. Não podemos, no entanto, aceitar uma denúncia anônima, que, como já decidiu o Supremo Tribunal Federal ao interpretar o artigo 5º, inciso IV, da Constituição da República (“é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato”), afronta o Estado democrático de Direito e por esta razão é indigna de acolhimento ou defesa e desprovida da qualidade jurídica documental.

A propósito do tema, ao apreciar o inquérito número 1.957-PR em sessão plenária realizada em 11 de maio de 2005, o STF decidiu, sobre o valor jurídico da denúncia anônima, só caber apurar a acusação dotada de um mínimo de idoneidade e amparada em outros elementos que permitam “apurar a sua verossimilhança, ou a sua veracidade ”.

Se esse órgão ministerial, apesar do exposto acima, delibera apresentar a requisição referida nesta missiva, seria antes de tudo necessário, nos termos do art. 2º da Lei nº 9.784/1999, esclarecer e indicar os motivos da mesma, justificação esta que se encontra, me apresso a sublinhar, ausente da aludida requisição.

Cabe ainda ressaltar que todos os contratos firmados pela Administração Pública federal com a Editora Confiança, em atenção ao art. 37 da Constituição Federal, foram devidamente publicados em Diário Oficial da União e nas informações disponibilizadas na internet e, portanto, estão disponíveis à V. Excia.

Por último, esclarecemos que o levantamento de dados referido na requisição desse órgão implicará em uma auditoria nos arquivos dessa editora quanto aos exercícios de 2009 e 2010. Evidentemente, essas providências não cabem em um exíguo prazo de 5 dias, mas demandam meses de trabalho. Desse modo, se justificada adequadamente a realização de um tal esforço, indagamos ainda sobre a responsabilidade pelos custos correspondentes.

Ausente os pressupostos que justifiquem a instauração da investigação, requeremos o seu arquivamento. E mais ainda, identificado o autor da denúncia ainda mantido sob anonimato, ou no caso desta Procuradoria entender pela existência de indícios a dar suporte à odiosa voz que nos carimba de “imprensa chapa-branca”, nos colocamos à disposição para prestar as informações e abrir nossos arquivos e sigilos bancários e fiscais, observados, sempre e invariavelmente, os preceitos legais aplicáveis.

Atenciosamente,

MINO CARTA
Diretor de redação e sócio majoritário
Editora Confiança Ltda

Publicado em Notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Senadores que apoiaram golpe agora são "independentes" e ameaçam reformas de Temer
    Categoria:  Congresso Patricia Faermann Senadores Ronaldo Caiado (DEM), Ana Amélia (PP) e Álvaro Dias (PV)   Jornal GGN - Diversos senadores que defenderam o impeachment de Dilma Rousseff com sua saída do governo e que, até há pouco, apoiavam o mandatário Michel Temer anunciaram "independência" do governo peemedebista. Na lista, estão nomes como a […]
  • Processo de Lula será analisado por professores de Direito da Europa
    Categoria:  Justiça Jornal GGN - O caso triplex, em que Lula é acusado pela força-tarefa da Lava Jato de receber propina da OAS, será analisado por uma equipe formada por professores de Direito de três universidades da Europa, em parceria com o advogado Rafael Valim, da PUC-SP. A ideia é formular um relatório indicando se o processo penal contra o ex-preside […]
  • CCJ pode impor novo revés a Temer 22/06/2017
    Marcelo Auler “A matéria tem sido discutida de forma açodada. Em que pese as inúmeras sugestões enviadas a este Senado Federal pelas diversas representações dos trabalhadores […] O post CCJ pode impor novo revés a Temer apareceu primeiro em Marcelo Auler.
    Marcelo Auler
  • “Fragilidade de Temer não significa fragilidade da direita” 20/06/2017
    Marcelo Auler Do sociólogo e diretor de Programa de Estudos Avançados da Universidade Candido Mendes, Luiz Alberto Gomez de Souza, trago essa análise do quadro político […] O post “Fragilidade de Temer não significa fragilidade da direita” apareceu primeiro em Marcelo Auler.
    Marcelo Auler
  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • Como não cair na armadilha do Fla-Flu histérico?
    Vamos combinar de não falar de política para evitar brigas, pelo amor de Deus. Quantas vezes você já não fez ou ouviu este apelo em reuniões familiares e sociais nos últimos tempos? Alguns, visivelmente, não concordam com a sugestão e ficam... Continue lendo
  • Farra segue em Brasília: R$ 3,5 bi para campanhas
    Parece que eles vivem em outro mundo, completamente alienados da realidade. Discretamente, como convém, no escurinho de um gabinete longe da imprensa, os presidentes de sete partidos aliados do governo fecharam um pacto nesta quarta-feira para sangrar... Continue lendo
  • Após MP, mídia também reconhece falta de provas contra Lula 23/06/2017
    AVISO - Recentemente, o Blog da Cidadania divulgou que o MPF reconheceu POR ESCRITO que não tem provas contra Lula. Inicialmente, a mídia tentou negar. Agora, já reconhece que, se Moro condenar Lula, será sem provas. Note: quem diz que não há provas contra Lula não é o Blog da Cidadania, é a imprensa antipetista. O Brasil e o mundo precisam saber desse ato q […]
    eduguim
  • Janio de Freitas: Juristas e advogados têm apontado em vão irregularidades na Lava-Jato 23/06/2017
    Janio de Freitas em 22/6/2017 A crise vai ficando a cada dia mais original. Mais brasileira. Há dias, discutia-se a autoridade do Supremo, ou sua falta, para reexaminar a imunidade criminal concedida pelos procuradores da Lava-Jato a Joesley Batista, o chefão da JBS que gravou comprometimentos ilegais de Michel Temer. O próprio Supremo entregou-se à […] […]
    bloglimpinhoecheiroso
  • Adivinha quem foi 'sorteado para relatar processo de Aecio no STF... Acertou... 24/06/2017
    Não, não é piada. Gilmar Mendes foi escolhido em "sorteio" no STF.O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes será o relator do inquérito contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) baseado nas delações premiadas de executivos da Odebrecht. O sorteio foi realizado após pedido da PGR (Procuradoria Geral da República).Antes, o responsável p […]
    Antonio Mello

Parece que o URL do site WordPress foi configurado incorretamente. Verifique o URL nas configurações do widget.

%d blogueiros gostam disto: