Carta a Yoani Sanchez

Yoani Sanchez disfarçada. Foto não publicada em seu site

Yoani,

Solidariedade

Escrevo do Brasil para ser solidário contigo e para cobrar das autoridades cubanas uma investigação séria do caso relatado no seu blog.

Sua descrição do seqüestro em havana me lembrou o que sofri no Rio de Janeiro.  No meu caso, parece que os seqüestrados eram mais profissionais. Eles sabiam o que fazer caso houvesse resistência, como houve. Não precisaram pedir instruções. Tampouco havia medo no olhar deles.

Infelizmente não foi um sequestro relâmpago. Fui levado a um centro de tortura localizado numa instalação do exército brasileiro, indelével mancha que envergonha a história desta instituição.

Fui torturado por métodos cientificamente desenvolvidos pelos EUA. Os soviéticos também desenvolveram métodos de tortura. Espero que os cubanos não os tenham usado.

Voltas que o mundo dá

Hoje, no Brasil, todos os partidos, políticos e meios de comunicação que apoiaram a ditadura no Brasil e esconderam seus crimes, seqüestros, assassinatos e torturas te apóiam.

Hipocrisia ou evolução? Creio que os dois. A evolução, com certeza, não é uma linha reta. Não me surpreenderia ver estes mesmos atores ocultando e apoiando seqüestros e torturas, desde que julgassem importante e necessário para os seus interesses.

Mas você, como eu, que foi vítima da violência, tem a chance de recusar a hipocrisia

Estender a solidariedade

Já visitava seu blog antes desta denúncia. Li as suas instruções sobre como ajudar os blogueiros cubanos. Nada a opor ao que você ali pede. Apenas anotar a ausência de uma reivindicação importante: o fim do bloqueio a Cuba.

Creio que as ligações e o apoio que você recebe de figuras e empresas importantes e poderosas ao redor do mundo poderiam ser acionadas para ajudar Cuba a acessar o cabo submarino que passa tão perto da ilha mas que o império interdita.

O governo cubano alega que a as dificuldades de acesso à internet estão relacionadas ao uso exclusivo de conexão por satélite, cara e lenta.

Para você que, legitimamente, ao meu ver, não apóia o governo cubano, esta reivindicação seria como um desafio ao discurso dos que apoiam o governo: todos teriam acesso garantido à internet se houvesse o acesso ao cabo submarino.

Apoiar o fim do bloqueio a Cuba não é igual a apoiar o governo cubano. Neste caso que tanto te interessa, Yoani, o livre acesso à internet, poderia ser uma reivindicação comum, basta você querer.

Kant e Isaiah Berlin

Isaiah Berlin usa a frase de Kant, “da madeira torta que é feita a humanidade não se pode esculpir algo que seja inteiramente reto”,  para nos alertar sobre os limites da utopia. Isto é, para os perigos autoritários implícitos à empreitada de “construir um ser humano novo”.

Creio que Cuba, você e seus amigos ilustram bem esta questão.

Você pode hospedar seu site numa poderosa empresa alemã, tem tradução para diversos idiomas, pode ter recursos modernos de gestão de blog, poderia ter recursos modernos de filmagem e etc.

O governo cubano alega que para o acesso ser igualitário, enquanto houver o bloqueio e o cabo submarino custeado pela Venezuela não for concluído, haverá restrições.

Quantos aceitam a exigência de tal solidariedade?

Eu aqui no Brasil acesso a internet com banda larga, uso a internet há muitos anos, desde seus primórdio. Tenho dinheiro para isso. Cada vez mais brasileiros fazem o mesmo.

No entanto, milhões não acessavam e milhões continuam sem recursos para acessar.

Imagino que se tivéssemos uma democracia participativa e igualitária, as prioridades orçamentárias no Brasil seriam outras. Isto, no entanto, causaria uma revolta imensa nos que, como eu, possuem recursos suficientes para acessar o que há de mais moderno e caro no mundo.

Não há uma resposta fácil para estes problemas.

Os super ricos, tantos nos EUA como no Brasil, possuem carros luxuosos estacionados dentro de casa, para exibição, possuem aviões e helicópteros particulares, alguns na garagem da própria casa.

Não é viável nem sustentável que este padrão se generalize.

Algum controle há de se ter.

Respeito a luta dos que desejam maior abertura às diferenças e aos anseios individuais em Cuba. E respeito as decisões majoritárias e soberanas do povo cubano.

Certamente há tensão nestas duas frases. O fim do bloqueio a Cuba, um maior respeito do império à soberania da América Latina permitirá que nossos povos tentem combinar de forma mais sábia o atendimento às prioridades sociais e aos anseios individuais.

Independente de qualquer divergência política, apresento minha solidariedade irrestrita contra toda violência.

Publicado em Notícias
Um comentário em “Carta a Yoani Sanchez
  1. Adelino disse:

    Veja os comentários no blog dela traduzido para o português. É a turma da extrema direita brasileira, saudosos da ditadura empresarial militar, que viceja por lá.

    Sei não, cheira mal o troço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • A despedida do Balaio do Kotscho
    Adeus, amigos. Chegou a hora da despedida do Balaio do Kotscho aqui no R7, que publicou meu blog desde 2011. Foram quase seis anos e meio de convívio quase diário, de domingo a domingo (neste último, escrevi sobre o grande Rolando Boldrin, o "Sr.... Continue lendo
  • Última semana para a “reforma política”: eles só querem grana
    Acaba esta semana, no dia 7, o prazo para o Congresso Nacional terminar sua "reforma política" para que as mudanças propostas possam valer já na eleição de 2018. Como os dias úteis das excelências costumam terminar na quinta-feira, o tempo urge... Continue lendo
  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • Marina oculta da agenda encontro com militares 19/06/2018
    Via O Globo em 15/6/2018 A pré-candidata à Presidência Marina Silva (Rede) não divulgou na agenda oficial da pré-campanha um encontro nesta sexta-feira com o general Eduardo Villas Bôas, comandante do Exército. A reunião só se tornou pública porque foi divulgada pelo próprio comandante, por meio do Twitter. […] Prosseguindo nos contatos com os pré-candidatos […]
    bloglimpinhoecheiroso
  • Juiz que prejudicou o Brasil vai a julgamento nesta terça. Ou será adiado mais uma vez? 18/06/2018
    Tempo estimado de leitura: 40 segundos Há mais de dois anos o juiz Moro está para ser julgado pelo CNJ em dois processos que o acusam de cometer ilegalidade ao divulgar grampo de uma conversa entre a presidenta à época Dilma e o ex-presidente Lula.A gravação e divulgação da conversa foi considerada ilegal pelo ex-ministro do STF Teori Zavascki, mas até hoje […]
    Antonio Mello
  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Cannot load blog information at this time.

%d blogueiros gostam disto: