Khamenei não gosta de Ahmadinejad. Mas tem medo dos seus eleitores

A popularidade de Ahmadinejad entre os mais pobres, fonte da sua vitória eleitoral, independente de fraudes,  está ancorada na sua fala fortemente hostil contra a corrupção dos riquíssimos cléricos, sua firme defesa da segurança e soberania nacional e seus programas de transferência de renda.

Boa parte dos líderes religiosos do Irã considera Ahmadinejad uma ameaça aos seus interesses, seja por questionar suas prerrogativas financeiras e extravagâncias milionarias, seja por assumir riscos internacionais que eles não gostariam de assumir.

Khamenei, o líder supremo, enfrentou uma difícil escolha pós-eleição. Ele poderia determinar uma recontagem total ou mesmo nova eleição, ou poderia validá-la. Optou, talvez a contragosto, pela última.

Muitos clérigos, como Rafsanjani, um dos homens mais ricos do mundo segundo a revista Forbes, abertamente pediu que Khamenei convocasse novas eleições. Ele foi um dos financiadores da riquíssima campanha de Moussavi.

O Instituto Stratfor, um think tank da direita americana (conhecido como a CIA das Sombras – shadow CIA) , considera que Kamenei gostaria de atender Rafsanjani mas ficou com medo.  As manifestações  dos apoiadores de Mousavi não chegariam aos pés do que seria a tempestade entre os apoiadores de Ahmadinejad, tanto de seus eleitores quanto das forças de segurança, caso sua vitória fosse negada.

A mídia ocidental não entende isto porque não entende que Ahmadinejad não fala para os cléricos mas contra eles, que muitos dos cléricos trabalharam por sua derrota e que Ahmadinejad possui forte apoio entre o aparato de segurança do país.

A classe média de Teerã, legitimamente ansiosa por uma liberalização radical, encontrou no racha na elite iraniana espaço para demonstrar seu descontentamento e, quem sabe,  derrubar o regime dos aiatolás.  Talvez fiquem apenas como bucha de canhão.

A teocracia é uma merda. Mas muita coisa se move em Teerã, muito além da compreensão da mídia ocidental.

RECONTAGEM

Quando uma suspeita de fraude eleitoral é levantada, a recontagem de votos é uma medida eficaz. Quando possível. No Brasil, isto não pode, simplesmente porque não há voto em papel para ser recontado. Obra dos nossos velhinhos do TSE, contra todos os alertas de Brizola.

Nos EUA, a recontagem em Miami foi brequada pela Suprema Corte que deu a vitória a Bush. Uma vergonha, de pouca repercussão formal e graves consequências para o mundo.

No Irã, haverá recontagem aleatória de 10% dos votos. Moussavi se recusa a participar. Dificilmente houve fraude significativa, a ponto de alterar o resultado eleitoral. Para Moussavi é melhor insistir numa nova eleição, melar a que perdeu.

Publicado em Notícias
Um comentário em “Khamenei não gosta de Ahmadinejad. Mas tem medo dos seus eleitores
  1. Ana disse:

    Excelente leitura dos acontecimentos. Lamentavelmente outras versões têm predominado. Não sei se é por ignorancia ou se existe algo que escapa ao meu entendimento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Crescimento de Lula coloca luta de classes no centro da conjuntura, diz André Singer
    Categoria:  Artigos Jornal GGN - O crescimento da candidatura de Lula recolocou a luta de classes no centro de debate novamente, avalia o cientista político André Singer. Em artigo na Folha deste sábado, Singer apresenta os números de pesquisas de opinião que mostram o auge da impopularidade de Lula e retomada da boa avaliação entre os eleitores das classes […]
  • Juiz concede autorização definitiva para psicólogos aplicarem "cura gay"
    Categoria:  Saúde Por Felipe Pontes Da Agência Brasil O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia proferido em setembro deste ano, autorizando psicólogos a atenderem eventuais pacientes que busquem terapia para mudar sua orientação sexual. A decisão garante […]
  • Por que a mídia de direita ataca Gilmar Mendes. Por Eugênio Aragão 16/12/2017
    POR EUGÊNIO ARAGÃO, ex-ministro da Justiça Notícia de jornal e de hebdomadários é que nem jabuti em árvore. Não chega sozinho lá. Alguém ali o coloca. Para entender noticiário é preciso conhecer a história por detrás dele. Há sempre uma razão para ter este ou aquele título, este ou aquele lead, esta ou aquela abordagem. […] O post Por que a mídia de direita […]
    Diario do Centro do Mundo
  • VÍDEO: advogado que grampeou Moro diz em depoimento que Youssef e Janene tinham dinheiro enterrado em contêineres 16/12/2017
    O advogado Roberto Bertholdo depôs como testemunha no STF no âmbito de uma ação penal na qual o deputado federal Nelson Meurer (PP-PR) é réu. Meurer é acusado pela Procuradoria Geral da República de receber dinheiro através da atuação do ex-deputado federal José Janene, morto em 2010, e do doleiro Alberto Youssef. Bertholdo, que advogou […] O post VÍDEO: adv […]
    Kiko Nogueira
  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • A despedida do Balaio do Kotscho
    Adeus, amigos. Chegou a hora da despedida do Balaio do Kotscho aqui no R7, que publicou meu blog desde 2011. Foram quase seis anos e meio de convívio quase diário, de domingo a domingo (neste último, escrevi sobre o grande Rolando Boldrin, o "Sr.... Continue lendo
  • Última semana para a “reforma política”: eles só querem grana
    Acaba esta semana, no dia 7, o prazo para o Congresso Nacional terminar sua "reforma política" para que as mudanças propostas possam valer já na eleição de 2018. Como os dias úteis das excelências costumam terminar na quinta-feira, o tempo urge... Continue lendo
  • Tacla Duran diz que pode ser ouvido como testemunha 15/12/2017
    Ex-advogado da Odebrecht Rodrigo Tacla Duran diz que pode ser ouvido como testemunha na Lava Jato. Ele afirmou isso aos advogados do ex-Presidente Lula na presença de um notável. Assista a íntegra do depoimento O post Tacla Duran diz que pode ser ouvido como testemunha apareceu primeiro em Blog da Cidadania.
    eduguim
  • Para economizar, Banco Mundial quer que Temer acabe com o ensino superior gratuito 22/11/2017
    Via Estadão Conteúdo em 21/11/2017 Para cortar gastos sem prejudicar os mais pobres, o governo deveria acabar com a gratuidade do ensino superior. Essa é uma das sugestões apresentadas no relatório “Um ajuste justo – propostas para aumentar eficiência e equidade do gasto público no Brasil”, elaborado pelo Banco Mundial. A ideia é que o […]
    bloglimpinhoecheiroso
  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • Random Screening
  • Economic Update: Different Economics, Different Policies
    This week's episode includes discussions of parental leave policies in the UK, the fining of Citibank for its abuse of student borrowers, the self-critical ads now being aired by tobacco companies and Jeff Bezos's obscene wealth. We also address Marxian economics and UK Labor Party policy initiatives. Download the show To see more stories like this […]

Parece que o URL do site WordPress foi configurado incorretamente. Verifique o URL nas configurações do widget.

%d blogueiros gostam disto: