Renda Básica em Santo Antônio do Pinhal

NA ÚLTIMA sexta-feira, 20 de março, a estância climática de Santo Antônio do Pinhal viveu uma noite memorável. O prefeito José Augusto Guarnieri Pereira (PT) convidou vereadores e representantes de todos os setores econômicos locais para dialogar, na Câmara Municipal, sobre a proposta de constituição de um fundo de cidadania que possibilite pagar a todos os cerca de 7.000 habitantes uma renda básica de cidadania, tornando o município o exemplo pioneiro no Brasil. 
Santo Antônio do Pinhal está a cerca de 180 km da capital paulista, 1.200 metros acima do nível do mar, na serra da Mantiqueira, perto de Campos do Jordão. Famoso por seus mananciais de águas puras e cristalinas, por suas cachoeiras em meio às matas nativas e espécies raras de sua fauna e flora, o município vem se consolidando como excelente opção de lazer, ecoturismo e aventura. 
Metade de seus habitantes vive na área rural. As principais atividades econômicas são o turismo e a agricultura desenvolvida por pequenos e médios agricultores. Em 2007, um casal de sitiantes, Marina e Francisco Nóbrega, levou o prefeito para assistir à minha palestra sobre a renda básica de cidadania na Universidade do Vale do Paraíba, em São José dos Campos.
Ao concluir, perguntei aos estudantes o que achavam de sugerir ao prefeito que fizesse de seu município um exemplo pioneiro da renda básica. Todos aprovaram. O prefeito perguntou: “O que devo fazer?”. Eu disse: “Vamos pedir uma audiência ao ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome”. Foram mais de três encontros, inclusive com nossa participação na mesa sobre o tema no Fórum Social Mundial em Belém do Pará. Na ocasião, o prefeito expressou sua intenção, e o ministro, embora tenha dito que quer aperfeiçoar e expandir o Bolsa Família, assegurou que daria apoio ao projeto piloto da renda básica de cidadania. 
Marina e Francisco, junto com Bruna Augusto Pereira e Marcos Vinicius Brancaglione dos Santos, do Instituto de Revitalização da Cidadania -que trabalham nesse mesmo sentido em Paranapiacaba, no município de Santo André-, com o presidente do Conselho Municipal de Turismo, Fábio Ortiz, e o presidente da Associação dos Produtores Rurais, Marcelo Bufollin, percorreram escolas, igrejas e bairros para divulgar a ideia, que foi aceita com grande entusiasmo. 
Expus na Câmara Municipal lotada e na praça do Artesão, na tarde de sábado, para mais de 600 pessoas presentes -que não arredaram pé, apesar da chuva- as vantagens de pagar a todos a renda básica de cidadania. Diversas sugestões sobre como formar o fundo foram formuladas, sobretudo depois que expliquei o exemplo do Alasca, baseado em royalties decorrentes da exploração dos recursos naturais. Alguns consideraram adequado que se sugerisse aos visitantes que deixassem uma contribuição nas pousadas e/ou restaurantes. Outras contribuições viriam dos agricultores e outros segmentos. Uma equipe técnica, com o apoio da Corporação Andina de Fomento (CAF), ajudará na elaboração do projeto.
A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, do governo estadual, e a Caixa Econômica Federal também estavam presentes com a disposição de colaborar. Após essa discussão, perguntei, tanto na Câmara quanto na praça, quantos estavam a favor da renda básica. Todos levantaram a mão e aplaudiram. Todos também concordaram que se faça um referendo para que todos os eleitores votem, logo que elaborada a proposta, formulada pelo prefeito e aprovada pela Câmara. O prefeito, com a colaboração da CAF, do MDS e sua equipe, iniciou a elaboração do projeto, que, dentro de algumas semanas, será apresentado à Câmara Municipal. 
Assim como as primeiras propostas de renda mínima associadas à educação começaram localmente, até que se universalizaram para todos os municípios, hoje é possível iniciar a renda básica por um município como Santo Antônio do Pinhal. Basta a determinação do prefeito, dos vereadores e da comunidade, principalmente porque a renda básica de cidadania, como estabelece a lei 10.835/2004, deverá ser instituída por etapas, a critério do Poder Executivo. 
O padre Pedrinho, presente ao encontro na praça, defendeu, ao final da missa de domingo, lotada, a renda básica de cidadania como uma das formas de assegurar maior segurança e paz a todos os brasileiros como fruto da justiça, conforme conclama a Campanha da Fraternidade de 2009. 

EDUARDO MATARAZZO SUPLICY, 67, doutor em economia pela Universidade Estadual de Michigan (EUA), professor da FGV, é senador da República pelo PT-SP. É autor do livro “Renda de Cidadania – A Saída é pela Porta”.

Publicado em Renda de Cidadania

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  • Sobre a entrevista de José Dirceu, por Gilberto Maringoni
    Categoria:  Artigos Sobre a entrevista de José Dirceu por Gilberto Maringoni José Dirceu sofre uma injusta e assimétrica perseguição política por parte da República de Curitiba, da mídia e da direita, o que vem a ser a mesma coisa. Há pelo menos uma década, sua reputação é constantemente triturada em rede nacional. Sua resistência é admirável. É dever de tod […]
  • China exige respeito diante da decisão do povo venezuelano
    Categoria:  América Latina Foto: Diário do Povo/China do Portal Vermelho China exige respeito diante da decisão do povo venezuelano O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Lu Kang, disse que "todas as partes envolvidas devem respeitar a decisão do povo venezuelano", referindo-se ao resultado das eleições no país da América Latina  […]
  • Lula: “Ciro tem mais a receber do que a dar ao PT”. Por Marcelo Auler 22/05/2018
    Publicado originalmente no blog do autor POR MARCELO AULER A decisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de antecipar para o próximo domingo (27/05) atos públicos defendendo a sua pré-candidatura à presidência da República – “em todas as cidades onde existir um núcleo do PT, independentemente do número de militantes que se reunir”, como […] O post Lul […]
    Diario do Centro do Mundo
  • Temer foi eleito pra ser vice, não pra dar golpe. Por Quinho 22/05/2018
    O post Temer foi eleito pra ser vice, não pra dar golpe. Por Quinho apareceu primeiro em Diário do Centro do Mundo.
    Pedro Zambarda de Araujo
  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • A despedida do Balaio do Kotscho
    Adeus, amigos. Chegou a hora da despedida do Balaio do Kotscho aqui no R7, que publicou meu blog desde 2011. Foram quase seis anos e meio de convívio quase diário, de domingo a domingo (neste último, escrevi sobre o grande Rolando Boldrin, o "Sr.... Continue lendo
  • Última semana para a “reforma política”: eles só querem grana
    Acaba esta semana, no dia 7, o prazo para o Congresso Nacional terminar sua "reforma política" para que as mudanças propostas possam valer já na eleição de 2018. Como os dias úteis das excelências costumam terminar na quinta-feira, o tempo urge... Continue lendo
  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • A morte da Turma da Mônica? 22/05/2018
    Em “parceria” com órgãos do governo, Maurício de Souza produziu e imprimiu 200 mil cópias de gibis, que serão distribuídos em escolas e, acreditem, em “ações sociais” do governo federal, em defesa da indústria bélica nacional. Haroldo Ceravolo Sereza, via Opera Mundi em 18/5/2018 Num passado muito distante, um gibi institucional da Turma da Mônica […] […]
    bloglimpinhoecheiroso
  • Há 10 anos, Ibest de Blogs Políticos surpreendeu mídia corporativa. Só deu nossa blogosfera 22/05/2018
    Tempo estimado de leitura: 30 segundos No dia 21 de maio de 2008 eu anunciava aqui no Blog do Mello o resultado da votação do Ibest dos melhores blogs políticos. Uma votação totalmente feita via internet, com auditoria da Price.A blogosfera nascente bateu de 9 a 1 os blogs da mídia corporativa. Só Reinaldo Azevedo (na época na Veja) ficou entre os dez. Ainda […]
    Antonio Mello

Parece que o URL do site WordPress foi configurado incorretamente. Verifique o URL nas configurações do widget.

%d blogueiros gostam disto: