Grampo Telefônico. Estado Policial. Mídia caolha

Grampo Provado e Comprovado.
Departamento Administrativo de Seguridad (DAS)  é o órgão de inteligência, vinculado ao Presidente da República, Álavaro Uribe.

Foi flagrado espionando líderes da oposição, jornalistas e juízes.

das-semana-co

 
A CUT colombiana emitiu protesto, com cópia para a OIT, onde declara:

“La Central Unitaria de Trabajadores de Colombia CUT, siendo una de las organizaciones sociales más victimizadas por paramilitarismo a través de personas como Jorge Noguera Cote, ex director del DAS, en el asesinato y persecución a sindicalistas, denuncia:
Todo lo que se viene organizando para lograr que Jorge Noguera Cote, ex director del DAS, detenido en la cárcel La Picota de Bogotá, quede en libertad bajo un manto de total impunidad.”

Tanto o pré candidato presidencial pelo partido liberal, Rodrigo Pardo, como o presidente do Polo Democrático, Carlos Gaviria, asseguram que o DAS não é uma peça solta no governo e consideram que os grampos telefonicos obedecem a uma ordem de altos escalões do  governo.

A grande imprensa da Colombia minimiza a centralidade das ações do DAS contra a oposição.  Destaca declarações de Uribe de que ele também foi grampeado. E destaca o caráter mafioso do órgão.

uribe

 

A Procuradoria da Colômbia investiga o caso que, de qualquer modo, não deixa bem na fita o presidente Uribe.
Mas, há coisas ainda piores acontecendo na Colômbia. A nossa mídia nem arranha. Misto de incompetência e partidarismo.

Índios Awá. Um povo no meio de um conflito sem quartel.

 

"Somos Gente de la Montaña, hijos de la selva y por ella nos van a sacar muertos"

Mais dois indios Awá foram mortos. Agora pelos para militares de direita.

Antes, em 6 de fevereiro de 2009, oito indíos Awá tinham sido mortos pelas FARCs.

Em comunicado oficial as FARCs dizem que “Esta acción nuestra no fue contra indígenas, fue contra personas que independiente de su raza, religión, etnia, condición social, etc, aceptaron dinero y se pusieron al servicio del ejército en un área que es objeto de un operativo militar”.

São vários os combatentes nessa região de Nariño. O Exército, as Farc, o ELN, os paramilitares das “Autodefensas Campesinas” e os paramilitares “Águilas Negras”, além do grupo “Los Rastrojos”, a serviço do narcotráfico. 

Todos disputam a participação ou a cumplicidade dos índios nos seus movimentos de guerra. Pelo terror.

Segundo o governador de Nariño, Antonio Navarro, esta situação afeta aos indígenas Awá há vários anos. É assim nas várias zonas do Estado, onde vivem 30 mil indígenas deste povo.  

O governo Uribe tenta se aproveitar da situação para intimar os índios a cooperar com o exército. As lideranças indígenas não querem:

O “Tejido de Comunicaciones de la Asociación de Cabildos Indígenas del Cauca (Acín)”  denuncia:

“…denunciamos a los asesinos, sean quienes sean y, en este caso, a las FARC, quienes confirman una terrible verdad: se han convertido en un factor más de terror contra los pueblos. Se suman en estas actuaciones perversas, a los paramilitares, a la fuerza pública y a todos los que a fuerza de violencia someten a los pueblos y comunidades en Colombia. Lo hemos denunciado y hoy lo reiteramos: en últimas, el terror es un medio para alcanzar fines que deben reconocerse”. 

Segundo esta associação indígena os fins são os interesses economicos da região entre los municipios de Tumaco, Barbacoas, Roberto Payán, Samaniego y Ricaurte, onde ocorrem os assassinatos. 

“Somos Gente de la Montaña, hijos de la selva y por ella nos van a sacar muertos”  recordam a declaração de Eder Burgos, Coordenador de Camawari, em Agosto de 2008 numa conferência com entidades de defesa dos direitos humanos e com a “Oficina del Alto Comisionado de las Naciones Unidas para los Refugiados”.

minga

Sítio da ACIN

 

Apontam e detalham os interesses do “Agro-negocio y plantaciones; Minería y Recurso Vitales; Infraestructura; Turismo y Otros intereses”.

E convocam um mutirão (minga) internacional:

“Convocamos la Minga Social y Comunitaria. Pongamos a marchar la agenda para resistir el modelo de muerte que viene con el TLC[Tratado de Livre Comércio EUA – Colômbia], con las leyes de despojo, con el terror, con los convenios incumplidos, con la ausencia de un tejido de los pueblos por la libertad. Decidamos en Minga como detener el horror de las FARC, del Estado y de todos los grupos armados en Nariño y en Colombia. Cómo respaldar el pueblo Awá y defender con ellos su territorio y cómo defender la vida y nuestros territorios de esta muerte segura que avanza para que unos pocos sigan acumulando”. 

Clique na foto para ver sequência de fotos sobre a "minga" Awá

 

Saramago e as FARCs

Em entrevista para um jornal colombiano, por conta de ter sido citado por um dos sequestrados liberados pelas FARCs, José Saramago foi contundente.

Para ele, as FARC “não nos oferecem mais do que o poder tem feito sempre, ao longo da história, que é exercer a força contra os mais fracos”, e comparou-os aos exércitos medievais, que faziam uma “política de terra queimada”.

Questionou-se, caso algum dia os rebeldes chegassem ao poder, “manteriam o sequestro e a morte como linha de actuação? Para isso é necessária uma revolução? Não actuam de forma tão criminosa como George W. Bush?”.

“Que diferença existe entre os sequestros de Guantanamo, as guerras preventivas no Iraque, as torturas nas prisões secretas e aquilo que [as FARC] fazem?”, questionou ainda.

Polo Democratico e as FARCs

“…el Polo Democrático Alternativo reitera su condena a estos asesinatos, ocurridos en flagrante violación al Derecho Internacional Humanitario.

- De igual manera, el partido apoya de forma irrestricta las acciones adelantadas por el gobernador del departamento de Nariño, Antonio Navarro Wolf y rechaza las acusaciones que el grupo guerrillero hace a su labor de protección y acompañamiento a las comunidades indígenas de Nariño.

- El Polo Democrático Alternativo reconoce en el pueblo Awá la autonomía para exigir el respeto a su decisión de declararse al margen del conflicto. Por eso, solicita a todos los actores del conflicto el acatamiento a su exigencia de no ser involucrados en la guerra, por ninguna de las partes”.


Publicado em Notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Filósofa Marilena Chauí é a nova professora emérita da FFLCH-USP
    Categoria:  Educação Sugestão de Gilberto Cruvinel Outorga do Título de Professora Emérita à Marilena de Souza Chauí Da FFLCH-USP Durante seu discurso de agradecimento, a docente também proferiu uma aula sobre autoritarismo, defesa da universidade pública e concepção da docência Em sessão solene realizada no dia 13 de dezembro, às 14h, na Sala do Conselho Un […]
  • VALEU! Dominó de Botequim, capítulo 10, por Rui Daher
    Categoria:  Crônica Caros amigos Darcy, Ariano, Melodia e Dr. Walther, Hoje, falo eu. Sei vocês ocupados em organizar o ecumenismo aí no céu. Aqui também não está fácil. Mas quando o foi? Vocês notaram as ilustrações, neste GGN, para o texto “Xadrez do grande bacanal pós impeachment, do Luís Nassif? Genial, corajoso, sensacional, indutivo à felicidade, que m […]
  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • A despedida do Balaio do Kotscho
    Adeus, amigos. Chegou a hora da despedida do Balaio do Kotscho aqui no R7, que publicou meu blog desde 2011. Foram quase seis anos e meio de convívio quase diário, de domingo a domingo (neste último, escrevi sobre o grande Rolando Boldrin, o "Sr.... Continue lendo
  • Última semana para a “reforma política”: eles só querem grana
    Acaba esta semana, no dia 7, o prazo para o Congresso Nacional terminar sua "reforma política" para que as mudanças propostas possam valer já na eleição de 2018. Como os dias úteis das excelências costumam terminar na quinta-feira, o tempo urge... Continue lendo
  • Político que não defender internet livre não se elege 16/12/2017
    Trump acabou com a internet livre nos EUA. Agora, os americanos vão ter que pagar muito mais caro para poder acessar SÓ alguns conteúdos. Se não quiser que o mesmo aconteça no Brasil, comece a se mexer JÁ. Há um jeito muito simples de impedir que Temer venda seu pescoço. De novo! Clique na imagem, leia a matéria e divulgue até não poder mais. Enquanto dá tem […]
    eduguim
  • Para economizar, Banco Mundial quer que Temer acabe com o ensino superior gratuito 22/11/2017
    Via Estadão Conteúdo em 21/11/2017 Para cortar gastos sem prejudicar os mais pobres, o governo deveria acabar com a gratuidade do ensino superior. Essa é uma das sugestões apresentadas no relatório “Um ajuste justo – propostas para aumentar eficiência e equidade do gasto público no Brasil”, elaborado pelo Banco Mundial. A ideia é que o […]
    bloglimpinhoecheiroso
  • PF investiga relação entre Aécio Neves, Cabral e ex-secretário da Casa Civil do Rio 17/12/2017
    A Polícia Federal investiga as relações do senador tucano Aécio Neves (MG)  com integrantes de escritório alvo na Lava Jato por fazer parte do esquema do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB-RJ).... Blog de política Brasil. Os amigos do Presidente Lula
    noreply@blogger.com (Helena™)
  • Citados por propina devem responder apenas por caixa dois 17/12/2017
    Quase metade dos políticos acusados de serem beneficiados pelo departamento de propina da Odebrecht poderão responder por um crime considerado menor: o de falsidade ideológica eleitoral, mais... Blog de política Brasil. Os amigos do Presidente Lula
    noreply@blogger.com (Helena™)
  • Three Myths About the Poor That Republicans Are Using to Support Slashing the US Safety Net
    Thirty seconds: That's how long it takes to support the independent journalism at Truthout. We're counting on you. Click here to chip in! Republicans continue to use long-debunked myths about the poor as they defend lower taxes for the rich and deep cuts to the social safety net to pay for them. In so doing, they are essentially expressing scorn fo […]
  • Dig in: This Must Be the Winter of Our Discontent
    Activists stage an anti-Trump protest in front of the US Supreme Court January 23, 2017, in Washington, DC. The group, Refuse Fascism, called for a "must stop business as usual this week" to "stop the Trump/Pence regime." (Photo: Alex Wong / Getty Images) I am afraid of spiders, sharks, cancer and clowns, but nothing terrifies me more tha […]

Parece que o URL do site WordPress foi configurado incorretamente. Verifique o URL nas configurações do widget.

%d blogueiros gostam disto: