México, Guerra às Drogas e Recessão

Atualizações ao final do post

Para a mídia brasileira nada demais se passa no México.

Ciudad Juaréz é maior cidade da fronteira México-EUA.

Seu chefe da polícia, Roberto Orduña Cruz, renunciou ao cargo.

Supostos narcotraficantes ameaçaram matar um policial a cada 48 horas enquanto ele não renunciasse.

Na 4.a feira, em cinco pontos da cidade apareceram cartazes com a mensagem: “si no renuncia a su cargo vamos a matar un agente cada 48 horas por corruptos y apoyar a un grupo del crimen organizado”.

aviso

Ontem o subchefe do comissariado da cidade e dois guarda-costas  foram assassinados, com mensagens dizendo que a ameaça fora cumprida

Al Jazeera: "O duplo assassinato na 5.a feira levou à renúncia de Orduna horas depois"

 

Prefeito da cidade declara que isto não significa vitória do crime organizado.

“Esto no significa de ninguna manera que el crimen organizado haya logrado triunfar con sus amenazas, y la depuración de la corporación continuará hasta lograr que sea confiable”.

Outras 11 pessoas foram executadas no Estado na 5.a feira.  Oito, na Ciudad Juárez, ; dois na ciudad de Parral; uma na capital e outra no município de Guazapares.

Em janeiro noticiávamos:

EUA reforçará sua fronteira por causa da Guerra às Drogas no México:

“Estados Unidos completó ya un plan de contingencia para su frontera sur, con la finalidad de prepararse ante la violencia generada en México por el narcotráfico. La iniciativa incluye la movilización de elementos de seguridad civiles y militares, así como la utilización de aviones, vehículos blindados y equipos especiales”. (La Jornada)

Muro que divide Tijuana e San Diego. Trabalho da fotógrafa que documenta a vida na fronteira dos 2 países. Veja outras clicando na foto.

México é o principal produtor de marijuana no mundo, com 18% do cultivo mundial: 7 mil e 400 toneladas segundo dados das Nacões Unidas, para o  ano de 2006. A maconha é a droga ilegal que mais se consume no mundo, aproximadamente 2,8% da população mundial consome a planta.

As estratégias atuais do México de Guerra às Drogas, conformes à orientação dos EUA, fracassaram.

EM FEVEREIRO: MIL EXECUÇÕES EM 53 DIAS.

A violência é enorme. O poder dos cartéis cresce. O exército entrou na guerra.

Ao mesmo tempo, a crise econômica cresce.

 

lajornada

Migrante Mexicano: “Está tão difícil nos EUA que os próprios patrões nos deportam”

deportacao

Pela primeira vez, em décadas, a remessa de dinheiro de trabalhadores mexicanos no exterior diminuiu.

O medo e a violência dominam o ambiente político. Há, de um lado, o clamor pela maior participação do exército no combate às drogas. Por outro lado,há o temor de que a corrupção, que já envolve a polícia mexicana, se estenda mais ainda para as forças armadas.

Setores da população pobre sentem que são as maiores vítimas da violência oficial.

El Universal é um jornal conservador cuja cobertura da violência se dá sob a seguinte imagem:

el-universal

A manchete de hoje é “Récord negro: mil ejecuciones en 51 días”.

E destaca um apelo da ONU para impedir a legalização:

EL UNIVERSAL
VIERNES 20 DE FEBRERO DE 2009 

“Ante el hecho de que la mariguana es la droga de mayor consumo en el mundo, la Junta Internacional de Fiscalización de Estupefacientes (JIFE, órgano dependiente de la ONU) cuestionó las políticas tendientes a despenalizarla, por lo que urgió a todos los gobiernos a cumplir su compromiso de impedir su uso legal y contar con programas para prevenirlo”.

Não há solução fácil. Os lucros do tráfico ilegal e a corrupção são muito fortes.

Colunistas daqui, à época do NAFTA e da discussão sobre a ALCA, diziam que a modernização estava bem encaminhada no México. 

Talvez por isto o silêncio.

Atualização 1/03/2009

poder-do-narco

Fronteira norte sob o controle do narcotráfico

.Produção cai 43% na região

.Empresários de todos os setores pagam “proteção”

.Corrupção e desinteresse do goveno: caldo de cultura

.Delinquência deixou ontem 28 mortos, 11 em Chihuahua.

 

Atualização 24/02/2009: Preso ex militar implicado no ataque à escolta do governador de Chihuahua. O comboio do governador foi atacado no domingo à noite e um guarda costa foi morto e dois ficaram gravemente feridos. Procuradoria acredita que não foi tentativa de atentado ao governador mas à escolta. O que dá uma mostra de como a guerra de gangues está infiltrada na polícia e nas forças armadas.

O diretor do departamento de Direitos Humanos da Secretaría da Defesa Nacional, Jaime Antonio López Portillo, considerou que frente ao 45 mil soldados que diariamente combaten o crime organizado no México, as 671 queixas feitas contra a instituição por violentar estas garantias son aceptables em termos numéricos. ( Pela teoria da Folha de São Paulo, algo como barbaribranda).

As organizações de defesa dos direitos humanos discordam:

han cometido cientos de violaciones graves a los derechos humanos; han ultrajado ancianas, señoras y menores de edad; han asesinado a ciudadanos en los retenes; han torturado, saqueado hogares, desaparecido personas; han detenido ilegalmente, y (han perpetrado) muchas atrocidades más.

El Universal (23/02/2009): “As extorsões baseadas no terror além de se multiplicarem exponencialmente nos últimos meses, não discriminam suas vítimas.

Empresários, diretores de escolas, yonkeros (vendedores de peçasusadas) ou  professionais liberais são alvo, por igual,  do crime organizado. “En 2008, en el estado de México se registraron 2 mil casos, por los cuales se pidieron 247 millones de pesos”.

Exército protege quartel após ataque

Publicado em Notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • Ordem no cabaré 23/09/2017
    Arnaldo César (*) Gostem ou desgostem, o recado está dado: Ou, o executivo, o legislativo e o judiciário tomam tenência na vida e acabam com essa […] O post Ordem no cabaré apareceu primeiro em Marcelo Auler.
    Marcelo Auler
  • Práticas espúrias do Congresso no banco dos réus 22/09/2017
    Marcelo Auler Pode parecer mais uma atividade de denúncia do nosso sistema político espúrio, corrupto e, para muitos, falido. Mas, a realização da 4ª Sessão do […] O post Práticas espúrias do Congresso no banco dos réus apareceu primeiro em Marcelo Auler.
    Marcelo Auler
  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • Nova denúncia contra Temer: vale a pena ver tudo de novo?
    É como reprise de novela: você já conhece o elenco, a trama e o final. Os personagens são os mesmos. Vale a pena ver tudo de novo? A partir desta segunda-feira, a Câmara deixa tudo de lado para julgar a nova denúncia apresentada pela PGR contra o... Continue lendo
  • Dorival erra feio nas substituições e estraga festa no Morumbi
    Tinha tudo para ser uma grande festa Tricolor no Morumbi lotado por mais um público recorde na manhã deste domingo. Até a metade do segundo tempo, o São Paulo vinha fazendo sua melhor partida sob o comando de Dorival Júnior, dominava completamente... Continue lendo
  • Brasil começa a crer que sofreu golpe de Estado 25/09/2017
    Foi quase de enlouquecer ter visto o povo brasileiro apoiando a derrubada de um governo que era a única coisa que defendia esse mesmo povo da sanha saqueadora dos tucanos e dos peemedebês. Os brasileiros conscientes sofremos essa tortura. Pela pátria. Mas começamos a ser redimidos. Já não era sem tempo...
    eduguim
  • Desigualdade, desemprego e violência: Assim é o país do ajuste fiscal de Meirelles 25/09/2017
    Programa de reformas do ministro da Fazenda é voltado a 0,2% da população, agrava disparidades sociais e econômicas e pretende promover um retorno ao período anterior a 1930. Samuel Pinheiro Guimarães, via RBA em 17/9/2017 1) O programa econômico do senhor Henrique Meirelles, atual ministro da Fazenda; ex-presidente do BankBoston entre 1996 e 1999 e […] […]
    bloglimpinhoecheiroso
  • Membro do MBL que pintou muro de Doria ganha boquinha na prefeitura 25/09/2017
    João Doria (PSDB) contratou um integrante do MBL (Movimento Brasil Livre) que ajudou a apagar uma pichação feita por manifestantes na casa do prefeito, nos Jardins (zona oeste de SP). O gesto mostra... Blog de política Brasil. Os amigos do Presidente Lula
    noreply@blogger.com (Helena™)
  • Ipsos: cai desaprovação a Lula e sobe rejeição a Moro e Bolsonaro 25/09/2017
    O ex-presidente Lula teve seu índice de desaprovação reduzido e sua taxa de aprovação ampliada em setembro na comparação com o mês anterior, segundo o mais recente Barômetro Político, pesquisa mensal... Blog de política Brasil. Os amigos do Presidente Lula
    noreply@blogger.com (Helena™)

Parece que o URL do site WordPress foi configurado incorretamente. Verifique o URL nas configurações do widget.

%d blogueiros gostam disto: