Bolsa Família na Alemanha

Há muitos equívocos, preconceitos e/ou falta de informação nas análises em relação ao Programa Bolsa- Família. Para grande parte do senso comum, das elites e da grande mídia brasileira, o Bolsa-Família é visto como responsável por assombrar o nosso país, causando acomodação e falta de independência financeira. Os equívocos de muitos analistas brasileiros, exigindo independência financeira dos pobres, se tornam mais evidentes quando comparamos o Bolsa-Família com programas similares, existentes nos países mais desenvolvidos do mundo. Na Alemanha, foi introduzido o programa de auxílio social (Sozialhilfe) em 1961, que em 2005 mudou de nomenclatura para Arbeitslosengeld II. No caso alemão, uma pessoa desempregada e sem aportes de renda receberá 347 euros caso não possa sobreviver sozinha e/ou receba ajuda dos familiares. Se cônjuges viverem em um domicílio sem rendimentos, o valor que a segunda pessoa receberá acrescido é de mais 312 euros. Essas despesas são previstas para auxiliar na garantia do direito à alimentação e ao vestuário. Além desse benefício, o Estado também custeará as despesas com moradia, providenciando uma moradia popular e/ou pagando as despesas do aluguel diretamente ao locador.

O auxílio-moradia é determinado pelo número de moradores do domicilio. Em se tratando de um morador, o tamanho mínimo da moradia tem de ser superior a 45m². No caso de cônjuges, o tamanho mínimo será de 60m². Para cada filho será acrescido ao tamanho da moradia mais um quarto. Esse benefício contribui fundamentalmente para que não existam favelas no país. Aliado a esses benefícios, está o pagamento de um seguro de saúde em tal situação, uma vez que na Alemanha não existe um sistema público de saúde como no Brasil ou Inglaterra. O seguro de saúde custará em torno de 150 euros por pessoa. No inverno, é pago ainda um auxílio-calefação para esses beneficiários. Os benefícios prevalecem enquanto persistir a situação de carência material, sendo que cerca de 1/3 da população alemã recebe esse tipo de benefícios em algum momento da vida. Nota-se que cada pessoa recebe cerca de 750 euros (em torno de R$ 2 mil) por mês, estando desempregada e/ou não tendo condições de manter a própria subsistência. Um casal nessa situação receberá cerca de 1.370. Além desses benefícios, as crianças recebem separadamente, até atingi 14 anos, um benefício de 208 euros mensais, válido universalmente para todas as crianças do país, sejam elas ricas ou pobres. Aos adolescentes, a partir dos 14 anos até os 25 anos e que moram com os pais, o benefício passa para 278 euros mensais.
No Brasil, o Programa Bolsa-Família registrou 11 milhões de famílias atendidas em 2008, com 1,9 milhão de adolescentes, de 16 e 17 anos de idade, incluídos no programa coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), sendo R$ 30 para cada um. O país está seguindo os passos que os países desenvolvidos seguiram no combate à fome e à miséria. A diferença em relação ao Brasil é que o programa de auxílio social da Alemanha e nos demais países europeus é concebido como um direito, ou seja, acessível a todas as pessoas e famílias que dele necessitem. Trata-se de transferências monetárias coberta pelo Estado, cujo tempo de duração é ilimitado. Além disso, seguindo os exemplos acima, fica evidente que o valor monetário transferido pelo Programa Bolsa-Família deveria ser consideravelmente aumentado, além de ser garantido a todos que dele necessitem. Ademais, urge introduzirmos políticas de auxilio moradia aos beneficiários desse programa. Assim, estaríamos dando passos decisivos no combate à fome e miséria.”

Clóvis Roberto Zimmermann – Doutor em sociologia pela Universidade de Heidelberg (Alemanha), relator nacional para o Direito à Alimentação e Terra Rural.

Enviado pelo correspondente de Minas Gerais – André Teixeira

Publicado em Renda de Cidadania
7 comentários em “Bolsa Família na Alemanha
  1. Ana disse:

    Muito interessante o artigo por que coloca o Programa Bolsa-Família em perspectiva (seja de comparação seja de futuro). Á informação sobre a Alemanha poderia ser agregada a da França, Belgica, Luxemburgo, Portugal e muitas outras. A tivibrasil cumpre um papel relevante ao estimular o debate com a divulgação do artigo. Cumprimentos ao autor e ao responsável pelo site

  2. Luciano disse:

    Interessante, mas a comparação esquece de expor fatos que ocorrerão na Alemanha que proporcionaram essa situação. A reporma agrária é uma desses que não poderia ficar de fora.

  3. Luis disse:

    Senhor Luciano,
    Por gentileza, liste os fatos que ocorreram na Alemanha, além da Reforma Agraria, que levaram à necessidade de implantaçao do programa de auxílio social e teça comentario referentemente a cada fato citado.

  4. […] lá tem uma versão do bolsa família desde 1961, e que transfere no mínimo 347 euros – https://tivibrasil.wordpress.com/2009/01/06/bolsa-familia-na-alemanha/ – por isso a Alemanha é hoje um país sem pobreza. Esta entrada foi publicada em Notícias […]

  5. […] Alemanha, lá tem uma versão do bolsa família desde 1961, e que transfere no mínimo 347 euros -https://tivibrasil.wordpress.com/2009/01/06/bolsa-familia-na-alemanha/ – por isso a Alemanha é hoje um país sem pobreza […]

  6. […] Alemanha, lá tem uma versão do bolsa família desde 1961, e que transfere no mínimo 347 euros -https://tivibrasil.wordpress.com/2009/01/06/bolsa-familia-na-alemanha/ – por isso a Alemanha é hoje um país sem […]

  7. Cláudio César Gomes de Macedo disse:

    Por favor, esse recurso que é disponível na Alemanha é por tempo ILIMITADO??!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Greg News: Brasil é campeão mundial de homicídios
    Categoria:  Segurança Pública Enviado por Marcelo Soares Souza leia mais
  • Telexfree é denunciada por lavagem de dinheiro
    Categoria:  Justiça Luis Nassif   Quando o GGN denunciou o golpe da Telexfree, tentamos de todas as maneiras que o então Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, agisse. Afinal, era mais de um milhão de vítimas do golpe. Cardozo refugou de todas as maneiras. Alegava que era 171, estelionato e, portanto, crimes de alçada estadual.   Argumentamos por posts e […]
  • Black-blocs: um desafio à democracia e ao jornalismo 26/05/2017
    Marcelo Auler O que realmente existe atrás das máscaras dos, aparentemente jovens – ou mesmo “moleques” -, como preferem alguns, que mais do que marcar presença […] O post Black-blocs: um desafio à democracia e ao jornalismo apareceu primeiro em Marcelo Auler.
    Marcelo Auler
  • TSE pode provocar Diretas Já! 26/05/2017
    Marcelo Auler Uma mudança no Código Eleitoral realizada em 2015, na gestão de Eduardo Cunha na presidência da Câmara, poderá transformar a Ação de Investigação Judicial […] O post TSE pode provocar Diretas Já! apareceu primeiro em Marcelo Auler.
    Marcelo Auler
  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • Temer balança: quem se habilita a ficar no lugar?
    Aos leitores: o blog vai fazer uma parada técnica e volta na semana do julgamento no TSE.  *** Ao mesmo tempo em que Michel Temer se segura como pode na cadeira presidencial, a cada dia mais isolado e enfraquecido, para não perder o foro... Continue lendo
  • JRN completa seis anos de jornalismo independente
    25 de maio de 2017. Com Brasília pegando fogo, o Exército nas ruas, o Congresso conflagrado e o governo encurralado, hoje não é certamente um bom dia para comemoração. Mas não dá para deixar de registrar que nesta quinta-feira o Jornal da... Continue lendo
  • Leniência com Aécio, Temer e mulher de Cunha favorece Lula 26/05/2017
    Prender Lula enquanto Aécio, Temer e Claudia Cruz andam livres por aí, obstruindo a Justiça e zombando da lei? Não vai rolar. Até para condenar Lula Moro vai ter que arrumar alguma prova muito convincente. Uma coisa é certa: se tentarem condenar Lula com base no que têm contra ele, este país vai vir abaixo. Principalmente após aliviarem tanto com crimes comp […]
    eduguim
  • Fala quem manda: Da cadeia, Eduardo Cunha diz que Temer não renunciará 26/05/2017
    Golpe dentro do golpe: PMDB × PSDB. Via Painel da Folha em 25/5/2017 Quem pisca: O clima entre o PMDB e o PSDB no Congresso é de desconfiança. Peemedebistas acusam os tucanos de estarem conspirando. O PSDB, por sua vez, não esconde a avaliação de que Temer perdeu as condições de controlar a crise. Giro […]
    bloglimpinhoecheiroso
  • Fascists Seek Personal Growth and Forgiveness in Two Films
    Two new documentaries screened at this year's Copenhagen International Documentary Film Festival each profile a right-wing European militant coming to terms with his past. The thorny question raised by both The Unforgiven and Keep Quiet is a complex one: Is anything owed to history's most despicable actors, especially forgiveness?(Screen grab: CAT […]
  • Beyond Reactive Politics: Working Toward the Wholesale Reorganization of Society
    We've taken as fact that the nation started in slavery and genocide and can't be redeemed but the country has always carred a revolutionary promise that has yet to be fulfilled, says activist and Ayni Institute trainer James Hayes. Movements, such as AllOfUs and Yes We Can in Ohio, are taking on the challenge of winning power for a multiracial anti […]

Parece que o URL do site WordPress foi configurado incorretamente. Verifique o URL nas configurações do widget.

%d blogueiros gostam disto: