Bolsa Família na Alemanha

Há muitos equívocos, preconceitos e/ou falta de informação nas análises em relação ao Programa Bolsa- Família. Para grande parte do senso comum, das elites e da grande mídia brasileira, o Bolsa-Família é visto como responsável por assombrar o nosso país, causando acomodação e falta de independência financeira. Os equívocos de muitos analistas brasileiros, exigindo independência financeira dos pobres, se tornam mais evidentes quando comparamos o Bolsa-Família com programas similares, existentes nos países mais desenvolvidos do mundo. Na Alemanha, foi introduzido o programa de auxílio social (Sozialhilfe) em 1961, que em 2005 mudou de nomenclatura para Arbeitslosengeld II. No caso alemão, uma pessoa desempregada e sem aportes de renda receberá 347 euros caso não possa sobreviver sozinha e/ou receba ajuda dos familiares. Se cônjuges viverem em um domicílio sem rendimentos, o valor que a segunda pessoa receberá acrescido é de mais 312 euros. Essas despesas são previstas para auxiliar na garantia do direito à alimentação e ao vestuário. Além desse benefício, o Estado também custeará as despesas com moradia, providenciando uma moradia popular e/ou pagando as despesas do aluguel diretamente ao locador.

O auxílio-moradia é determinado pelo número de moradores do domicilio. Em se tratando de um morador, o tamanho mínimo da moradia tem de ser superior a 45m². No caso de cônjuges, o tamanho mínimo será de 60m². Para cada filho será acrescido ao tamanho da moradia mais um quarto. Esse benefício contribui fundamentalmente para que não existam favelas no país. Aliado a esses benefícios, está o pagamento de um seguro de saúde em tal situação, uma vez que na Alemanha não existe um sistema público de saúde como no Brasil ou Inglaterra. O seguro de saúde custará em torno de 150 euros por pessoa. No inverno, é pago ainda um auxílio-calefação para esses beneficiários. Os benefícios prevalecem enquanto persistir a situação de carência material, sendo que cerca de 1/3 da população alemã recebe esse tipo de benefícios em algum momento da vida. Nota-se que cada pessoa recebe cerca de 750 euros (em torno de R$ 2 mil) por mês, estando desempregada e/ou não tendo condições de manter a própria subsistência. Um casal nessa situação receberá cerca de 1.370. Além desses benefícios, as crianças recebem separadamente, até atingi 14 anos, um benefício de 208 euros mensais, válido universalmente para todas as crianças do país, sejam elas ricas ou pobres. Aos adolescentes, a partir dos 14 anos até os 25 anos e que moram com os pais, o benefício passa para 278 euros mensais.
No Brasil, o Programa Bolsa-Família registrou 11 milhões de famílias atendidas em 2008, com 1,9 milhão de adolescentes, de 16 e 17 anos de idade, incluídos no programa coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), sendo R$ 30 para cada um. O país está seguindo os passos que os países desenvolvidos seguiram no combate à fome e à miséria. A diferença em relação ao Brasil é que o programa de auxílio social da Alemanha e nos demais países europeus é concebido como um direito, ou seja, acessível a todas as pessoas e famílias que dele necessitem. Trata-se de transferências monetárias coberta pelo Estado, cujo tempo de duração é ilimitado. Além disso, seguindo os exemplos acima, fica evidente que o valor monetário transferido pelo Programa Bolsa-Família deveria ser consideravelmente aumentado, além de ser garantido a todos que dele necessitem. Ademais, urge introduzirmos políticas de auxilio moradia aos beneficiários desse programa. Assim, estaríamos dando passos decisivos no combate à fome e miséria.”

Clóvis Roberto Zimmermann – Doutor em sociologia pela Universidade de Heidelberg (Alemanha), relator nacional para o Direito à Alimentação e Terra Rural.

Enviado pelo correspondente de Minas Gerais – André Teixeira

Publicado em Renda de Cidadania
7 comentários em “Bolsa Família na Alemanha
  1. Ana disse:

    Muito interessante o artigo por que coloca o Programa Bolsa-Família em perspectiva (seja de comparação seja de futuro). Á informação sobre a Alemanha poderia ser agregada a da França, Belgica, Luxemburgo, Portugal e muitas outras. A tivibrasil cumpre um papel relevante ao estimular o debate com a divulgação do artigo. Cumprimentos ao autor e ao responsável pelo site

  2. Luciano disse:

    Interessante, mas a comparação esquece de expor fatos que ocorrerão na Alemanha que proporcionaram essa situação. A reporma agrária é uma desses que não poderia ficar de fora.

  3. Luis disse:

    Senhor Luciano,
    Por gentileza, liste os fatos que ocorreram na Alemanha, além da Reforma Agraria, que levaram à necessidade de implantaçao do programa de auxílio social e teça comentario referentemente a cada fato citado.

  4. […] lá tem uma versão do bolsa família desde 1961, e que transfere no mínimo 347 euros – https://tivibrasil.wordpress.com/2009/01/06/bolsa-familia-na-alemanha/ – por isso a Alemanha é hoje um país sem pobreza. Esta entrada foi publicada em Notícias […]

  5. […] Alemanha, lá tem uma versão do bolsa família desde 1961, e que transfere no mínimo 347 euros -https://tivibrasil.wordpress.com/2009/01/06/bolsa-familia-na-alemanha/ – por isso a Alemanha é hoje um país sem pobreza […]

  6. […] Alemanha, lá tem uma versão do bolsa família desde 1961, e que transfere no mínimo 347 euros -https://tivibrasil.wordpress.com/2009/01/06/bolsa-familia-na-alemanha/ – por isso a Alemanha é hoje um país sem […]

  7. Cláudio César Gomes de Macedo disse:

    Por favor, esse recurso que é disponível na Alemanha é por tempo ILIMITADO??!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • O Xadrez da substituição de Teori
    Categoria:  Coluna Econômica Luis Nassif Peça 1 – o neo-garantismo do Supremo Durante toda a AP 470 e a Lava Jato, o Supremo Tribunal Federal abdicou de sua função de última trincheira contra o arbítrio e de defensor da Constituição – até o limite do endosso a um golpe parlamentar. Quando os abusos da Lava Jato excederam, ensaiou-se um grupo garantista dentr […]
  • Em "White God" o cão é o espelho da crueldade humana, por Wilson Ferreira
    Categoria:  Análise “Lassie” se encontra com “Planeta dos Macacos”. É o filme húngaro “White God” (Fehér Isten, 2014), uma fábula brutal sobre cães de rua que se insurgem contra os humanos cruéis e indiferentes. Hagen, um cão mestiço abandonado à morte por um pai mesquinho que quer separá-lo da sua filha, desce ao inferno da crueldade e desprezo humanos na r […]
  • STF só aceitou afastar Cunha após derrubarem Dilma 23/01/2017
    Marcelo Auler Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) só concordaram em afastar Eduardo Cunha da presidência da Câmara, depois de verem concretizado o afastamento de […]
    Marcelo Auler
  • Quem se habilita? 23/01/2017
    Marcelo Auler Matéria reeditada às 10:00 horas, para acréscimo de informações (ou dúvidas) a partir do noticiário da TV Globo. A substituição de Teori Zavascki na […]
    Marcelo Auler
  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • Sigilo por quê? País exige saber tudo sobre Teori
    Leio na manchete do R7 no final da tarde desta segunda-feira, e custo a acreditar: "Juiz decreta sigilo em investigação do acidente de Teori". Pergunto: sigilo por quê?, se o que o País inteiro mais quer saber neste momento, desde o acidente em... Continue lendo
  • Justiça seletiva causa revolta na Paraíba
    "Revogação de prisão de neto de ex-senador causa revolta na Paraíba _ Herdeiro do maior grupo da indústria da Paraíba e da afiliada da TV Globo é acusado de atropelar e matar um agente do Detran ao fugir de uma blitz da Lei Seca. Juíza mandou... Continue lendo
  • STF deve ao Brasil relatoria da Lava Jato isenta de politicagem 23/01/2017
    O Poder Judiciário como um todo está ameaçado de total desmoralização a depender da “solução” que o presidente Michel Temer e a ministra Carmén Lúcia derem para a substituição do relator da Lava Jato naquela Corte. Do primeiro não se espera nada, da segunda não se espera muito. Além disso, a Lava Jato de Teori Zavascki não era a Lava Jato de Gilmar Mendes ou […]
    eduguim
  • Miriam Leitão e Eliane Cantanhêde não se envergonham de pedir “jeitinho” judicial 23/01/2017
    Fernando Brito, via Tijolaço em 22/1/2017 Duas colunas e uma revelação: a nossa grande imprensa perdeu o pudor de que a Justiça em nosso país seja exercida com dirigismo. Ou seja, que aquela venda dos olhos de Têmis dê uma levantadinha e veja o que pode ser tratado por quem. Miriam Leitão é mais discreta […]
    bloglimpinhoecheiroso
  • Sustaining the Momentum of the Women's March: Where We Go From Here
    With the Women's March behind us, it's time to organize, open up movement spaces and raise enough political consciousness to take back our democracy. Let's find ways to unleash the potential of the millions of activated people to talk to one another, to knock on doors, to self-organize actions and more.Andrea Cristina Mercado marches in the Wo […]
  • What Is the Individuals With Disabilities Education Act?
    Betsy DeVos' hearing before the Senate Committee on Health, Education, Labor, and Pensions raised quite a few eyebrows, as the candidate for Secretary of Education appears to be unfamiliar with many components of the education system. One exchange in particular stuck out -- and no, it wasn't the one about bears. Rather, it was the moment when Senat […]
%d blogueiros gostam disto: