“Ao processo de acumulação de capital corresponde o de acumulação das liberdades”, Ministro Eros Grau no voto a favor do banqueiro Daniel Dantas.

Este site não gosta de prisão. Não acredita na justiça da prisão.

A banalização da prisão é um instrumento bárbaro.

Por isto, não entrei na campanha contra as decisões do presidente do STF de conceder dois habeas corpus para Daniel Dantas.

Não assinei o pedido de impeachment do Gilmar Mendes (ou Gilmar Dantas, conforme ato falho – ou não?- de jornalista do Globo), pela motivação declarada. Assinaria por outras razões, bem mais sérias.

Não sou cego à hipocrisia destes senhores.

luizmorier_corda_01

Leio o voto do relator. E está lá, no 11º parágrafo: Por isso não me excedo ao observar que a história não é objeto de apropriação individual, ainda que os que acumulam riquezas acumulem também liberdades, fartem-se de liberdades. Ao processo de acumulação de capital corresponde o de acumulação das liberdades, mas a prisão cautelar não resultaria justificável tão só em razão disso.

Como não se excede, se em momento algum o juiz da 1ª instância, Dr De Sanctis, justificou a prisão cautelar nestes termos?

A leitura do voto dos ministros do STF é triste e deprimente. A revolta deles é corporativa. Seletiva.

O que dizer da tortura com método policial? O que dizer da violação de domícilios sem sequer ordem judicial? Há quanto tempo isto ocorre no Brasil e nenhum destes senhores se dignou a dar o nome de Estado Policial?

Não é apenas esta parcialidade que está em jogo.

A pachorra do Gilmar Mendes em avaliar como de baixa qualidade uma revista, Carta Capital, que eu gosto e que é concorrente da Veja, que ele gosta e na qual o instituto que preside já fez propaganda, é ultrajante.

Gilmar Mendes (ou Gilmar Dantas, conforme ato falho – ou não?- de jornalista do Globo) ataca o blog do Paulo Henrique Amorim, nos seguintes termos: “só blogs de péssima qualidade, de nenhuma credibilidade, e revista de péssima qualidade conseguiam incorporar este tipo de notícia.”

Mais à frente, usa manchete do Paulo Henrique Amorim para fundamentar seu juízo sobre a intenção do Juiz De Sanctis: “Publica-se então na imprensa: Queiroz dá o drible da vaca em Mendes. É disso que se trata, não é de nova fundamentação, era de fundamentação idêntica com o propósito inequívoco de desmoralizar esta corte”.

Ora, se o site do jornalista não tem credibilidade, como usá-lo para interpretar ato do Dr. De Sanctis?

Que que é isso, gente? Nem discuto a decisão do STF. Discuto a incoerência deste moço.

Discuto a ação política da maioria dos membros do STF.

Julgam correto conceder o Habeas Corpus a Daniel Dantas? Ok. Que o façam.

Mas a própria Suprema Corte dá um tom político à decisão? Que isso? Recuperem o recato e a decência, excelências!

A péssima seleção que o relator faz dos fatos novos que levaram o juiz De Sanctis a decretar nova prisão fica sob suspeição pela simples leitura do voto do ministro Mello.

Como pode a mais alta corte de justiça do país ter uma ação tão enviesada e corporativa a ponto de deixar passar em branco os arroubos do seu presidente e a parcialidade do relator contra decisão do juiz da 1.a instância?

Como pode o STF embarcar no jogo político do Gilmar Mendes?

Como podem falar nos autos de um processo como se o tal grampo da Veja, que ninguém escutou, fosse verdadeiro e comandado por autoridades policiais?

Não há dúvida? A Veja divulga, é fato?

Segundo o relator, as baionetas da ditadura militar não vergaram o STF! Pô, onde esse cara viveu?

Ao pronunciar tal bravata, agride a história para se aliar a Gilmar Mendes (Dantas?) e à Veja na súbita e suspeita campanha contra o Estado Policial em que vivemos.

Não, não estão a falar do Estado Policial que mantém milhares de pobres nas cadeias, que prende e arrebenta com os sem-advogados, sem capital.

Sei lá, entre as poucas razões que deveriam ensejar a prisão de alguém, estão a sua recusa em reparar o dano causado ou a óbvia ação para impedir que seus crimes sejam desvendados. Creio que Daniel Dantas, à luz deste critério, seria um forte candidato à prisão.

Este é meu juízo. Perfeitamente normal que não seja o juízo do STF.

Agora, como servidores públicos, embora não tenham feito concurso,  ao menos hajam (ai, dou ao reler) ajam com o devido recato.

Eu, como cidadão posso fazer tudo que a lei não proíba. O servidor público só pode fazer o que a lei permite.

Desta diferença surge a possiblidade de eu julgar a Veja uma porcaria e a impossibilidade de, num ato formal, o presidente da corte se pronunciar politicamente  contra uma revista e contra blogs concorrentes da Veja e do resto da  mídia corporativa.

O relator do caso Daniel Dantas escreve no seu voto que a pior ditadura é a da toga. Certo. Mas mirou a toga errada.

Publicado em Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  • Seis meses de reforma trabalhista: um balanço
    Categoria:  Trabalho A reforma tem impactado setores marcados por baixos salários e alta rotatividade. Desde o início, críticos da reforma indicaram seu alto potencial de aumentar a desigualdade Foto: EBC Do Brasil Debate Por Barbara Vallejos Vazquez, Euzebio Jorge Silveira de Sousa e Ana Luíza Matos de Oliveira A reforma trabalhista (Lei 13.467/2017) acaba […]
  • Sem provas contra PT na Transpetro, Moro condena três investigados
    Categoria:  Justiça A prisão do investigado José Antônio de Jesus - Foto: Giuliano Gomes/PR Press    Jornal GGN - Após não achar provas de envolvimento do PT no pagamento de propina de contratos da NM Engenharia com a Transpetro, o juiz Sérgio Moro acabou fechando a investigação e condenou três investigados da 47ª fase da Operação Lava Jato.   O empresário A […]
  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • A despedida do Balaio do Kotscho
    Adeus, amigos. Chegou a hora da despedida do Balaio do Kotscho aqui no R7, que publicou meu blog desde 2011. Foram quase seis anos e meio de convívio quase diário, de domingo a domingo (neste último, escrevi sobre o grande Rolando Boldrin, o "Sr.... Continue lendo
  • Última semana para a “reforma política”: eles só querem grana
    Acaba esta semana, no dia 7, o prazo para o Congresso Nacional terminar sua "reforma política" para que as mudanças propostas possam valer já na eleição de 2018. Como os dias úteis das excelências costumam terminar na quinta-feira, o tempo urge... Continue lendo
  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • Dez fatos que justificam a CPI da delação, que a velha imprensa quer abortar 25/06/2018
    Joaquim de Carvalho, via DCM em 23/6/2018 A pressão da velha imprensa para que a Câmara dos Deputados não instale a CPI da Delação abre um novo capítulo na história de fracasso do jornalismo brasileiro: agora, os jornais e TVs brigam com a notícia e agem para que fatos obscuros não sejam esclarecidos – ela […]
    bloglimpinhoecheiroso
  • Prisão de Lula é inconstitucional, afirma ministro Marco Aurélio Mello à TV portuguesa RTP 23/06/2018
    Este Blog é mantido exclusivamente por seus assinantes. Assine você também. Apenas R$10 Você pode cancelar a assinatura a qualquer momentoClique aqui e passe a receber notificações do Blog do Mello no seu WhatsAppVocê vai ser direcionado ao seu aplicativo e aí é só enviar e adicionar o número a seus contatos Assine a newsletter do Blog do Mello […]
    Antonio Mello
  • Até a Folha já questiona atuação do Moro 25/06/2018
    Em audiência na semana passada, o juiz Sergio Moro ficou contrariado quando um homem afirmou ter sido intimidado por procuradores da Lava Jato há dois anos. “Essas perguntas, dando voltas, não... Blog de política Brasil. Os amigos do Presidente Lula
    noreply@blogger.com (Helena™)
  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Cannot load blog information at this time.

%d blogueiros gostam disto: